terça-feira, 20 de agosto de 2013

Som/Ondas


http://www.youtube.com/watch?v=oskoavP36OE

11 comentários:

  1. Pedro Carvalho, 9º ano24 de agosto de 2013 14:48

    Com o conteúdo dos links, pude adquirir muitos conhecimentos sobre ondas e som.

    *Uma onda mecânica é uma perturbação que se propaga no meio material, tranferindo energia sem que haja transporte de matéria.
    *Um pulso é uma onda de curta duração.
    *Uma onda periódica é composta por vários pulsos que se repetem periodicamente, chamados movimentos periódicos.
    *A crista de uma onda é o seu ponto mais alto e o vale, o mais baixo.
    *O período (T) depende da fonte que gera o pulso.
    *A amplitude (A) depende da vibração da fonte.
    *A frequência é o inverso do período, e o período, o inverso da frequência. Ou seja, f=1/T e T=1/f
    *A unidade usada para medir a frequência, Hertz (Hz), representa os ciclos por segundo.
    *A velocidade de propagação é a distância que o pulso percorre num certo intervalo de tempo, e ela não é uma característica da onda, uma vez que depende do meio.
    *A superposição de ondas ocorre quando duas ou mais ondas se encontram, dando origem a uma onda resultante, cujas características vão depender de como foi esse encontro. Quando duas cristas se encontram, o meio tende a se levantar muito mais e em seguida o vale de uma onda encontra a crista da outra, neste caso, elas se cancelam e permanecem em equilíbrio. Quando dois vales se encontram, a tendência é baixar o meio muito mais naquele ponto e, após o encontro, as ondas continuam como antes.

    *O som é uma vibração que se propaga no meio material.
    *Os materiais vibram produzindo o som, e essas vibrações nos atingem graças à propagação do som.
    *A vibração do material é transmitida entre as moléculas do meio e atingem o ouvido fazendo vibrar o tímpano.
    *As ondas sonoras, também chamadas ondas de pressão, são ondas mecânicas longitudinais, e resultam da compressão e rarefação alternada das partículas.
    *Quanto mais denso o meio, maior a velocidade de propagação do som.
    *Quanto maior a temperatura, maior a velocidade de propagação do som.
    *Quanto maior a amplitude da onda sonora, maior será a intensidade/volume do som.
    *Quanto maior for a energia sonora, maior será a pressão sobre o tímpano e mais ele vibra.
    *Uma grande quantidade de energia sonora incomoda e pode até causar a surdez total.
    *O decibel (db) é a décima parte do bel, e é a unidade mais utilizada para medir a intensidade do som.
    *A vibração só é definida como som se os nossos ouvidos conseguirem captá-la.
    *Quanto mais rápida é a vibração da fonte, maior é a frequência, medida em Hertz (Hz). O ouvido humano é capaz de captar sons entre 20Hz e 20.000Hz.
    *Dos sons que não conseguem ser captados pelo ouvido humano, os com frequência menor que 20Hz são chamados de infrassons, e aqueles que têm frequência maior que 20.000Hz são chamados ultrassons.
    *A altura de um som, que diz respeito a este ser grave ou agudo, depende da sua frequência. Quanto maior a frequência, mais agudo/alto é o som.

    ResponderExcluir
  2. Pedro Carvalho, 9º ano24 de agosto de 2013 15:21

    •Onda eletromagnética é uma perturbação gerada por cargas elétricas que se movem de forma acelerada.

    • Além de serem a base das telecomunicações, as ondas eletromagnéticas garantem o funcionamento dos aparelhos de raios-X, lasers, micro-ondas, controles remotos, máquinas de fotocópia, televisores, celulares, rádios e por muitos outros dispositivos que existem no nosso dia-a-dia. Até a nossa visão depende delas!

    •No século XIX, Michael Faraday e outros cientistas mostraram que campos elétricos variáveis criam campos magnéticos variáveis e que estes, por sua vez, criam novos campos elétricos variáveis. Neste processo, um campo vai criando o outro, sucessivamente, enquanto avançam à velocidade da luz. Essa onda resulta da variação sucessiva dos campos elétricos e magnéticos mutuamente perpendiculares, que se propagam em grande velocidade. A variação de um, causa o surgimento do outro.

    •A luz e o som são ondas que se propagam através do espaço. Mas são dois tipos de ondas completamente diferentes. O som é uma onda que precisa de um meio material (onda mecânica), que pode ser sólido, liquido ou gasoso. Se não existisse um meio material de propagação, não seria possível ouvir o som. No espaço, por exemplo, toda explosão é silenciosa. Já a luz é uma onda que não precisa de um meio material para existir. Ela viaja pelo vácuo e consegue atravessar muitos materiais, como vidro, água, ar etc. É por isso que a luz do Sol consegue chegar até a Terra depois de atravessar o vácuo do espaço exterior.

    •As ondas eletromagnéticas se diferenciam uma da outra pela frequência, que é o número de vibrações por segundo que elas realizam. A frequência da onda é a mesma da fonte que a produz. Assim, se uma carga elétrica oscilar 1.000.000 vezes por segundo, a onda eletromagnética resultante terá uma frequência de 1.000.000 de hertz, ou seja, 1 megahertz.

    •Quanto maior a frequência de uma onda eletromagnética, mais energia ela terá e mais penetrante e perigosa será para os seres vivos.

    ResponderExcluir
  3. Gabriela Alves, 9° ano25 de agosto de 2013 19:31

    Com o primeiro vídeo do Telecurso, eu consegui organizar melhor os meus pensamentos quanto a propagação do som. O som é uma vibração que se propaga no meio material e, para que possamos o escutar, essa vibração é transmitida para as moléculas de ar, atingem o ouvido e consecutivamente fazem vibrar também o nosso tímpano, permitindo que escutemos. Quando uma régua vibra, por exemplo, surgem regiões no ar onde as moléculas estão mais juntas e outras regiões onde elas estão mais afastadas. Esses efeitos são chamados, respectivamente, de compressão e rarefação.
    Onda longitudinal → Tendo como melhor exemplo o som, observamos que as moléculas de ar vibram na direção em que a onda se propaga. Ou seja: ao longo da direção da propagação da onda.
    Mas a vibração não precisa ser transmitida somente pelo ar, também podemos percebe-la no chão, na água e em qualquer outro local. Assim, vemos que quanto mais denso o meio ou maior for a temperatura de um material (pois as moléculas estão mais agitadas), maior será a velocidade de propagação da onda sonora.
    Com o vídeo aprendi também que quanto maior for a amplitude do som, maior será a intensidade e o volume deste. E se a amplitude (quanto maior for a vibração da fonte, maior será a amplitude das ondas) for muito baixa e sem energia suficiente para produzir vibrações nas partes médias da orelha, os humanos não terão capacidade de percebe-la.
    Não apenas a amplitude afeta como vamos ouvir uma onda sonora, mas também a frequência. Se esta for muito baixa (chamada de infrassom) ou altíssima (ultrassom) também não ocorrem vibrações nas partes médias da orelha. Ou seja: um som muito agudo ou muito grave não pode ser ouvido. Esses limites variam de acordo com a idade e problemas auditivos, mas sempre estão entre 20Hz até 20000Hz.
    O som é uma energia (até porque, como sabemos, ondas em hipótese alguma transportam matéria). Os dois homens do vídeo utilizam como exemplo o bate-estaca: o pêndulo, quando permanece em cima, tem energia potencial. Mas, a partir do momento que ele começa a descer, essa energia se transforma em cinética e é transmitida para a pedra ao se chocar. O som é causado devido ao pêndulo nunca conseguir transmitir toda a energia para a estaca, e uma parte dessa energia se transforma em outras - entre elas, a sonora...

    ResponderExcluir
  4. Gabriela Alves, 9° ano25 de agosto de 2013 20:36

    O segundo vídeo do Telecurso também foi essencial para eu entender a matéria completamente. Uma onda mecânica é uma perturbação que se propaga no meio material sem que esse se desloque, transferindo energia de um ponto ao outro. Dessa forma, a onda passa e movimenta o objeto (que ganha velocidade), sobe e desce, mas retorna ao mesmo lugar.
    Pulso → É uma onda de curta duração.
    Onda periódica → Série de pulsos repetitivos, fabricados por uma fonte que vibra continuamente.
    Período → Representado pela letra T, é o intervalo de tempo regular entre as ondas. O que o determina é a fonte, ou seja: quem provoca o movimento ondulatório.
    Amplitude → É a altura da onda, ou seja: a distância entre vale (região mais baixa) ou crista (região mais alta) até o ponto de equilibro que também depende da fonte. Usa-se a letra A para se referir a ela.
    Frequência → Representado pela letra f. É o número de voltas dividido por uma unidade de tempo, e também o inverso do período: f = 1/T e T = 1/f. Ela só muda se houver alterações na fonte.
    Hertz (Hz) → Medida usada para calcular a frequência de uma onda, que equivale a um segundo. Por exemplo: Se uma onda vibra 70Hz, significa que ela vira 70 vezes por segundo.
    Comprimento da onda → Representado pela letra grega λ (lambda), é a distância entre duas cristas ou vales consecutivos.
    Velocidade de propagação → É a distância que o pulso percorre em um certo intervalo de tempo. Dessa forma: V = λ/T.
    Superposição de ondas → Duas ou mais ondas se encontram e dão origem a uma onda resultante. Quando duas cristas se encontram, o meio tende a se levantar muito mais. Depois, os vales também se encontram e o meio volta ao equilíbrio. Se os vales se encontrarem primeiro, a tendência é baixar o meio e, após o encontro, as ondas continuam como antes.
    Com os outros vídeos, pude aumentar o meu conhecimento ainda mais sobre a relação entre música e física e estudar sobre ondas mecânicas, principalmente o som.

    ResponderExcluir
  5. eu aprendi com o video foi que Pulso → É uma onda de curta duração.
    Onda periódica → Série de pulsos repetitivos, fabricados por uma fonte que vibra continuamente.
    Período → Representado pela letra T, é o intervalo de tempo regular entre as ondas. O que o determina é a fonte, ou seja: quem provoca o movimento ondulatório.
    Amplitude → É a altura da onda, ou seja: a distância entre vale (região mais baixa) ou crista (região mais alta) até o ponto de equilibro que também depende da fonte. Usa-se a letra A para se referir a ela.
    Frequência → Representado pela letra f. É o número de voltas dividido por uma unidade de tempo, e também o inverso do período: f = 1/T e T = 1/f. Ela só muda se houver alterações na fonte.
    Hertz (Hz) → Medida usada para calcular a frequência de uma onda, que equivale a um segundo. Por exemplo: Se uma onda vibra 70Hz, significa que ela vira 70 vezes por segundo.
    Comprimento da onda → Representado pela letra grega λ (lambda), é a distância entre duas cristas ou vales consecutivos.

    ResponderExcluir
  6. Maria Clara Rodrigues30 de agosto de 2013 20:49

    Ondas Mecânicas é uma pertubação que se propaga no meio material.Ela se propaga sem que o meio material se desloque.A onda passa e movimenta o objeto.Ele sobre,desce e volta para o mesmo lugar,gerando energia de um ponto a outro,não transpondo a matéria.
    Movimentos Periódicos:É quando o objeto se movimenta e volta para o mesmo lugar
    Período:é uma das grandezas da onda representada pelo T
    Amplitude:É representada pela letra A.é o valor máximo de afastamento em relação á posição de equilíbrio
    Frequência:número de volta/Unidade de Tempo
    Hertz:é a unidade de frequência
    Onda Periódica:é formada por vários pulsos que se
    sucedem.São ondas que causam um movimento contínuo e que são chamados de movimentos periódicos,já que se deslocam e voltam para o mesmo lugar.
    Distância/Tempo=Velocidade
    Comprimento da onda:(Lâmbda)
    Superposição de ondas:é quando duas ou mais ondas se encontram
    Ondas transversais:A pertubação se dá na direção perpendicular á da propagação da onda
    Ondas Longitudinais:A pertubação se dá na direção da propagação da onda

    ResponderExcluir
  7. Oi Mônica, vou deixar aqui um resumo da materia, mais o que aprendi com os videos.
    Ondas mêcanicas é uma pertubação que se propaga no meio material e uma caracteristica muito importante é que ela se propaga sem que o meio material se desloque. Pulso: onda de curta duração. Onda periodica: serie de pulsos. Periodo: ela que provoca a onda, uma das grandezas que caracteristiza a onda. Ciclo: movimento ondea corda(onda) vai e volta ao mesmo lugar. Amplitude: A. Frequencia:> f. Comprimento da onda: Lambda. Unidade de frequencia: Hertz.

    ResponderExcluir
  8. Os sons naturais são, na sua maior parte, combinações de sinais, mas um som puro monotónico, representado por uma senóide pura, possui uma velocidade de oscilação ou frequência que se mede em hertz (Hz) e uma amplitude ou energia que se mede em decibéis. Os sons audíveis pelo ouvido humano têm uma frequência entre 20 Hz e 20.000 Hz. Abaixo e acima desta faixa estão infrassom e ultrassom, respectivamente.2
    Seres humanos e vários animais percebem sons com o sentido da audição, com seus dois ouvidos, o que permite saber a distância e posição da fonte sonora: a chamada audição estereofônica. Muitos sons de baixa frequência também podem ser sentidos por outras partes do corpo e pesquisas revelam que elefantes se comunicam através de infra-sons.
    Os sons são usados de várias maneiras, muito especialmente para comunicação através da fala ou, por exemplo, música. A percepção do som também pode ser usada para adquirir informações sobre o ambiente em propriedades como características espaciais (forma, topografia) e presença de outros animais ou objetos. Por exemplo, morcegos, baleias e golfinhos usam a ecolocalização para voar e nadar por entre obstáculos e caçar suas presas. Navios e submarinos usam o sonar; seres humanos recebem e usam informações espaciais percebidas em sons. Outra aplicação importante das ondas sonoras é a visualização de tecidos do corpo: ultrassonografia. Através do eco produzido pelas ondas nos órgãos, é possível analisar as propriedades mecânicas dos tecidos e reproduzílas em imagens em escala de cinza.

    ResponderExcluir
  9. O som é uma forma que nós usamos para nos comunicar entre outras pessoas. O som ou ondas as vezes pode ser uma forma de guia para os golfinhos, e morcegos.

    ResponderExcluir
  10. Oi Mônica, aqui segue um resumo do que aprendi de toda a matéria sobre ondas.
    •Ondas Mecânicas: são ondas que necessitam de um meio material para se propagar, ou seja, sua propagação envolve o transporte de energia cinética e potencial e depende da elasticidade do meio. Por isto não é capaz de propagar-se no vácuo. Alguns exemplos são os que acontecem em molas e cordas, sons e em superfícies de líquidos.
    •Ondas Eletromagnéticas: são ondas geradas por cargas elétricas oscilantes e sua propagação não depende do meio em que se encontram, podendo propagar-se no vácuo e em determinados meios materiais. Alguns exemplos são as ondas de rádio, de radar, os raios x e as microondas.
    •Comprimento de onda e a distância entre duas cristas ou vales.
    •Amplitude: Uma onde pode ser grande ou pequena, essa propriedade e medida pela amplitude.
    •Oscilação e a passagem de um extremo ao outro.
    •Período e u tempo de uma oscilação.
    •Freqüência é o número de oscilação realizadas por segundo.
    Yasmin Rodrigues

    ResponderExcluir
  11. Sobre as ondas: - Ondas Eletromagnéticas são ondas geradas por cargas elétricas e podem se propagar no vácuo, e não dependem do meio em que se encontram, ou seja, elas se propagam em quaisquer que seja o meio onde se encontram.
    - Ondas mecânicas são ondas que, ao contrário das ondas Eletromagnéticas, dependem do meio material para se propagar e também depende da elasticidade do meio. Então, elas não se propagam no vácuo.
    - Amplitude é a maneira como medimos se uma onda é grande ou pequena.
    - O som é uma vibração que se propaga no meio material.
    - Um pulso é uma onda de curta duração
    - O Período é o tempo de uma oscilação
    - Uma onda periódica é composta por vários pulsos que se repetem periodicamente, chamados movimentos periódicos.
    - A unidade usada para medir a frequência, Hertz (Hz), representa os ciclos por segundo.
    - Frequência é o número de oscilações realizadas por segundo.
    - Oscilação é a passagem de um extremo ao outro

    ResponderExcluir

Favor comentários com o objetivo das atividades propostas