sexta-feira, 21 de junho de 2013

Comentário A carne é fraca


27 comentários:

  1. Com o documentario "A carne é fraca" pude ver como a carne chega até os açougues,fiquei tristes com as coisas horriveis que fazem com os animais, e não esqueço da parte em que fala que "quando os bois vêem o que esta prestes a acontecer, eles ficam assustados e liberam uma substancia no corpo, que as vezes não sai totalmente" esse documentario também serve para refletir, ele é bem interessante, para saber tambem os processos de como a carne chega até o nosso prato.

    ResponderExcluir
  2. Com esse vídeo eu pude ver o sofrimento dos animais quando chega a hora do abate.É muito triste, pois podemos ver que os próprios animais sabem que estão prestesa morrer. O boi sofre bastante, pois mesmo antes de entrar na sala do abate ele seente medo,pois consegue ouvir o desespero dos companheiros. Além da crueldade também existem os custos para a criação do gado e também o desmatamento. Precisamos repensar nossa maneira de nos alimentar.

    ResponderExcluir
  3. Com o documentário "A carne é fraca" pude perceber como a carne é "tratada" ate chegar as nossas casas, eles colocam formol em algumas criações para ficar com uma cor mais bonita, o mal trato sofrido pelo boi na hora do abate, entre outros. Nathália Brandão

    ResponderExcluir
  4. Bem, após ver o documentário "a carne é fraca" percebi que existem muitas técnicas para a produção de carne. Em sete anos o consumo de carne dobrou em todo mundo agora são consumidas 250 000 000 de toneladas de carne anualmente e esse é um dos maiores problemas da atualidade, e com isso vem os prejuízos como o gasto excessivo de água com as cabeças de gado que no Brasil hoje em dia é maior que a população humana. Para produzir um quilo de carne são necessários 15 000 000 litros de água e, além disso, as flatulências bovinas destroem a camada de ozônio.
    Contudo, a carne é necessária para nossa sobrevivência, mas tenho pena dos pobres animais que recebem produtos químicos para ficarem mais vistosos e daqueles que são massacrados sem piedade.
    Samuel Felipe Martins Costa 8ºss.

    ResponderExcluir
  5. Achei interessante o documentário "A carne é fraca" pude entender os tipos de carne e suas características,qualidades e tambem as partes ruins.Achei interessante a quantidade de carne que consumida anualmente e um pouco de superioridade em relação aos animais que são mortos em frigoríficos e a forma de como as pessoas não tem medo de ferir os animais e tambem que a forma de criação dos animais para depois os matar para a venda.E que um quilo de carne depende de muita água que é desperdiçada para uma coisa que vai ser morta depois.Mas a relação de que isso é ruim,não é,pois é uma das fontes de alimento do planeta e a desnutrição é um dos maiores do mundo então isso é bom para a alimentação.
    Antonio Fonseca 8'ss

    ResponderExcluir
  6. Gostei muito desce video pois mostra o sofrimento que as aves os porcos e o gado sentem ao entrar na sala de abate.

    Kaio Max 8° ano ss

    ResponderExcluir
  7. Achei bem interessante este vídeo, mostra a realidade dentro da sala de abate, mostrando o sofrimento dos animais e as técnicas para a produção de carne, eles colocam formol em algumas animais para ficarem com uma cor mais bonita; A carne é necessária para nossa sobrevivência, mas tenho pena destes animais que recebem produtos químicos para ficarem mais bonitos e daqueles que são matados sem sentimento algum.
    Melissa Catherine - 8 ano "ss"

    ResponderExcluir
  8. Achei o vídeo muito interessante,pois nele mostra o que acontece com os animais no abate. Eles tem um fim muito triste,coisa que antes não sabia. o vídeo também mostra a quantidade de carnes que consumimos. Mostra também o pouco de vida que os animais vivem e como são tratados pelas pessoas.
    Ellen Vitoria 8°"ss"

    ResponderExcluir
  9. O documentário "A carne é fraca" é muito triste,pois demonstra um ato de crueldade com aqueles que não podem se defender,que todos nós não queremos passar.Demonstra o sofrimento da galinha,do boi e do porco e a realidade das salas de abate e as técnicas usadas para produção de carne.Sabemos que a carne dos animais contem vitaminas e proteínas necessárias ao bom funcionamento do nosso organismo,mas se conhecermos de perto a realidade de como os animais são tratados desde o seu nascimento ate o abate,com certeza deixaríamos de consumir e prestigiar todo o tipo de carne animal.
    Lara Gabrielly 8ºano ss

    ResponderExcluir
  10. Este documentário,mostra para os telespectadores como a carne seja de boi,porco ou galinha chega em nosso prato.Podemos perceber o sofrimento que cada animal passa ao longo de sua curta vida, acho que ninguém imaginava o processo de abate desses animais.Mas não podemos evitar de comer a carne sendo ela rica em proteínas essenciais para nosso organismo.Felizmente já estão sendo criadas instituições que acolhem os animais que não servem para a produção da carne e seriam mortos considerados sem utilidade.Mesmo assim,evitar o sofrimento deles, é uma tarefa que requer muito esforço,pois os donos de frigoríficos,pensam somente no lucro.
    Alina Nietsche Pereira 8 S

    ResponderExcluir
  11. O documentário "A carne fraca" pude entender que no mundo tem mais bois do que gente. Também entende que, quando o boi vai para o abate ele tem que esta gordo e` não pode ter musculos, e para isso acontece eles pegam o bezero quando acaba de nasce coloca num lugar bem pequeno e amara a sua cabeça para que não se movimente e ganhe musculos, para depois ir ao abate. E eles Também não estao em ai com o que esta fazendo eles so ganha o dinheiro e pronto eles naõ tao nem ai com a vida que os pintinhos os boise os porcos tem. Esse documentário mostra a realidade de como é as coisas hoje e Também e muito triste o que os animais passam.

    GUILHERME MATHEUS 8ss

    ResponderExcluir
  12. Assistindo o documentário "A carne é fraca", eu pude ver como é a realidade dentro dos frigoríficos, como o boi é abatido, como as galinhas vivem, e depois são abatidas. Descobrir que os pintinhos que eles não querem são triturados para serem misturados a ração das galinhas. E que logo quando pequenas, os seus bicos são cortados para evitar o canibalismo, pois como elas ficam muito estressadas, acaba acontecendo delas tentarem comer umas as outras. A população bovina atualmente, chega a ser maior que a humana, e isso traz prejuízos para a população mundial, como o alto gasto de água, e alem disso, as flatulências bovinas destroem a camada de ozônio. No documentário também fala que as que as pessoas que trabalham nos abatedouros, costumam ser pessoas frias, e fechadas, o que chamou a minha atenção.

    - Juana Luiza Borborema Antunes.
    8º ano "S".

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fiquei horrorisada com o vídeo, principalmente de como o boi e maltratado antes de serem sacrificados para a nossa alimentação. A forma e muito violenta, tanto como para os bois quanto para as galinhas.
      Pude ver que existem mais bois do que humanos no mundo.
      Percebi que a quantidade de carne que consumimos não e equivalente com a quantidade de bois sacrificados no abate.
      Desde que nascem sofrem.
      Em sala de aula pude compreender o motivo do desenvolvimento precoce das jovens. Com a quantidade de hormônios liberados pelo boi, que logo será consumido, o desenvolvimento e mais rápido
      AMANDA PEDROSO 8SS

      Excluir
  13. Esse definitivamente foi o vídeo mais interessante que já assisti , afinal ele mostra uma outra realidade em que vivemos ...
    Fiquei pensativo ao saber que se tem mais bois do que homens no mundo todo, achei muita legal a atitudes de algumas pessoas que criaram ONGS para abrigar os gados e galinhas.
    Fiquei triste em saber como é morto o boi , de uma forma desumana e sem dó.
    Não acho q se deve para de matar bois e etc ,mas sim trata-los de uma forma melhor , e diminuirmos o consumismo de carne
    Eros jorge 8ss

    ResponderExcluir
  14. Neste vídeo a carne é fraca, ensina muito que nós seres humanos somos iguais a qualquer outro tipo de raça, as mesmas dores que sentimos outros sentem também, temos sentimento, afeto, carinho, etc. Outras espécies também tem o mesmo.
    Os animais são tratados de maneira tão corrupta, morrem como se fossem um 'nada', de maneira dolorosa
    Os animais que vivem a base da indústria, ele não tem uma vida normal, ali onde ele vive é um lugar com condições precárias e com isso para evitar doenças, o mesmo é obrigado a tomar antibióticos, para crescer forte e saudável.
    Levam uma vida muito triste, vivem amarrados ou pressos em gaiolas pequenas,
    Hoje em dia o que nós comemos, vestimos, fazemos e etc tem alguma espécie no meio,
    E o ser humano nunca parou para pensar que tudo atualmente está na base da indústria, a carne nos faz bem , mas ela seria melhor ainda se fosse criada de maneira racional.
    Os vegetais são alimentos saborosos que nos fazem muito bem, com eles temos uma vida saudável.
    Thalita Noah de Souza Alexandre 8 ss

    ResponderExcluir
  15. Daniel Mendonça2 de julho de 2013 13:47

    O video retrata um assunto muito polemico:
    A carne é mesmo necessária para nós?
    E de acordo com eles nao é, no video mostra como é o tratamento dos pintinhos, logo em que nascem eles sao colocados para cheirar fomól para que sua cor fique amarela só para agradar o cliente.
    Mostra tambem o abatedouro do boi, vi que quando o boi esta caminhando para o abate ele tem que passar por um espaço minusculo e quando esta perto de ser abatido ele solta substancias na carne pelo fato de ele estar com medo e essas substancias ficam na carne e sao prejudiciais para nossa saude.
    Resumindo...Os metodos que eles usam para o abetedouro sao estremamente desumanos por isso que eles nao deixam ninguem ver o que acontece la dentro além dos funcionarios e os donos.

    ResponderExcluir
  16. O vídeo mostra os problemas da produção da carne.
    A produção de carne hoje é o maior problema socioambiental
    Por exemplo: Na amazônia hoje são: 35.000.000 - cabeças de gado 22.000.000 - Habitantes.
    Em Santa Catarina hoje 90% dos rios estão poluídos por causa da criação de gado.
    Em 7 anos dobrou o número de produção de carne. Em 50 anos o número cresceu 5x .
    Produzir 1kg de carne é necessário 15.000 litros de água. Outro problema é a liberação de gás metano por meio da digestão.
    O vídeo também mostra a criação de pintinhos, logo quando nascem os pintinhos respiram formol, os criadores dizem que eles ficam mais amarelinhos assim agradando mais os compradores.
    Alana 8º ss

    ResponderExcluir
  17. Com o vídeo, a carne é fraca, pude ver qual o processo que acontece com a carne até chegar ao frigorífico. Desde o nascimento do bezerro, eles já o matam, pois a carne estará boa, não terá músculos e estará com uma quantidade de carne boa. Será levado até o abatedouro e passará por vários processos.
    Já no caso dos pintinhos, eles são selecionados, os melhores perderão as pontas do bico, pois para não se tornarem canibais. os mais fracos, ou os que nascem sem perna serão moídos e transformados em adubo.


    Laura Polete Mizobutsi 8ano s

    ResponderExcluir
  18. Com o vídeo "a carne é fraca" eu pude perceber todo o sofrimento dos animais(gado,porco,galinha).Desde recém-nascidos eles já levam uma vida triste com três finalidades:engordar, reproduzir e morrer.São criados e explorados tristemente e entram em desespero na hora de ir para o abatedouro.Os suínos vivem em em granjas também nestes mesmos intuitos.As porcas quando prenhas ficam em lugares estreitos a espera do parto,onde passam muita dor e perdem as forças das pernas.As aves também vivem em granjas artificiais com pouco espaço onde são tratadas como máquinas,apenas se alimentam(com muita dificuldade pelo fato de terem os bicos cortados e encurtados)e botam ovos.Os filhotes quando nascem são encaixotados e vendidos.Alguns pelo fato de terem nascido artificialmente,são deformados: sem olhos,pernas,bico,etc.Esses são esmagados e transformados em ração para os outros.

    Hellen Arnizaut 8° ano "S"

    ResponderExcluir
  19. Emanuely Noronha 8º s9 de julho de 2013 20:40


    A carne é fraca foi um vídeo que me mostrou uma realidade que eu não conhecia sobre como a carne chega ao nosso prato eles passam por momentos de tortura até morrer,os porcos se reproduzem e as porcas sofrem para terem e amamentar seus filhos mas foi uma tristeza ver os pintinhos sendo separados por causa de um rigoroso processo de seleção e os não aprovados são transformados em ração,e os aprovados precisa retirar o bico para não machucarem os outros o que faz eles comerem pouco.

    ResponderExcluir
  20. esse video me fez refletir de onde vem o q eu como da covardia q fazem com os animais tirando deles a alegria de viverem e serem livres Gabriel afonso cec 8s

    ResponderExcluir
  21. Na minha opinião que mesmo que precisamos de carne o que os alimais passam não é justo, e não precisamos desse consumo de carne exagerado. causa muitos impactos ambientais, fora a poluição com os chiqueiros e tambem a população tem alto consumo de carne mais muita gente está passando fome.

    ResponderExcluir
  22. este documentario vem nos alerta sobre o que acontece nos frigorificos e muitas vezes é escondido da sociedade atos horrorosos e crueis aos animais realmente é algo horroroso mais tambem no video nos deparamos com certos fatos que os vegetarianos fizeram como uma especie de critica que eu creio nao ser verdade como haviamos descotidos como por exenplo que á deconposição da carne acontece de forma natural depois de inserida em nosso organismo.,

    Thiago montfort

    ResponderExcluir
  23. O documentário ''A carne é fraca'' me chocou muito. Mostrou a realidade. As vezes apenas chegamos em casa, comemos a metade da carne e o resto jogamos fora, sem nenhuma dor no coração, pois não sabemos o sofrimento que foi até aquela carne chegar no nosso prato.
    É horrível como as pessoas fazem com o boi. Ele desde nascido é preso para não criar músculos. Quando cresce é levado para o abatedouro em um corredor apertado. Quando os outros vão e são mortos, eles entram em pânico e querem voltar, mas não tem como, é a morte ou morte. Um verdadeiro ''corredor da morte''. Os porcos também têm esse ciclo de vida: nascer, engordar e morrer (de uma forma cruel).
    As galinhas são tratadas como máquinas, que ficam em espaços que mal cabem seu corpo. Chega a comidas e elas tem dificuldade para comer, pois seu bico é cortado para não bicar as outras. Elas botam os ovos e quando estão velhas morrem. Seus filhotinhos são chocados artificialmente e quando nascem não tem nem o calor da mãe nem o afeto, já entram no mundo da industrialização. As pessoas que trabalham são pessoas fechadas e pegam os pintinhos sem nenhum afeto, nem dó. Pegam eles como bolinhas de borracha. Se não são bons, vão para tambores com ovos gorados e alguns pintinhos que nem saíram da casca e são TRITURADOS para virar ração.
    Esse vídeo com certeza foi o vídeo que mostrou as coisas mais sem coração do mundo.
    M. Alice 8° ''S''

    ResponderExcluir
  24. Esse video me fez refletir sobre a vida, porque não sou nunhum desses cotados que já saem do confinamento sabendo que vão morre. KAIO MAX 8 ANO SS

    ResponderExcluir
  25. João Vitor Alves Guimaraes4 de setembro de 2013 20:23

    Com o vídeo "a carne é fraca" eu pude perceber todo o sofrimento dos animais(gado,porco,galinha).Desde recém-nascidos eles já levam uma vida triste com três finalidades:engordar, reproduzir e morrer.São criados e explorados tristemente e entram em desespero na hora de ir para o abatedouro.Os suínos vivem em em granjas também nestes mesmos intuitos.As porcas quando prenhas ficam em lugares estreitos a espera do parto,onde passam muita dor e perdem as forças das pernas.O vídeo também mostra a criação de pintinhos, logo quando nascem os pintinhos respiram formol, os criadores dizem que eles ficam mais amarelinhos assim agradando mais os compradores. e eu acho isso um abisurdo.

    ResponderExcluir
  26. Com o vídeo, a carne é fraca, pude ver qual o processo que acontece com a carne até chegar ao frigorífico. Desde o nascimento do bezerro, eles já o matam, pois a carne estará boa, não terá músculos e estará com uma quantidade de carne boa. Será levado até o abatedouro e passará por vários processos.
    Já no caso dos pintinhos, eles são selecionados, os melhores perderão as pontas do bico, pois para não se tornarem canibais. os mais fracos, ou os que nascem sem perna serão moídos e transformados em adubo e ração. Hoje em dia o que nós comemos, vestimos, fazemos e etc tem alguma espécie no meio,
    E o ser humano nunca parou para pensar que tudo atualmente está na base da indústria, a carne nos faz bem , mas ela seria melhor ainda se fosse criada de maneira racional.
    Os vegetais são alimentos saborosos que nos fazem muito bem, com eles temos uma vida saudável.
    Igor Emanuel 8 ano

    ResponderExcluir

Favor comentários com o objetivo das atividades propostas