terça-feira, 17 de setembro de 2013

A vida das estrelas

http://www.youtube.com/watch?v=Mhj8zjnjSy0

http://www.invivo.fiocruz.br/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?infoid=729&sid=9


10 comentários:

  1. Mônica, o que achei mais importante sobre o documentário Cosmos- A vida das Estrelas - foi:
    *A maior parte do átomo é vazio, feito de nada.
    *A unidade numérica maior que se pode imaginar na terra é o googleplex, que mesmo assim não chegaria nem perto do infinito.
    *Os átomos são feitos no interior das estrelas.
    *O Sol possui duas estrelas irmãs, que podem ser ainda maiores que ele.
    *A temperatura no núcleo do Sol é de 20 milhões de graus centígrados, a distância dele em relação a Terra é de 150 milhões de quilômetros.
    * A gravidade e o fogo nuclear mantém o Sol estável.
    * As estrelas morrem, de acordo com sua massa, elas desmoronam mais ou menos rápido.
    Uma *Anã Branca, seria uma estrela desmoronando quando o Sol tivesse o tamanho da Terra.
    Um *Buraco Negro, do tamanho do nada; e
    Uma estrela nêutrons, o Sol do tamanho de uma cidade.
    *Estima-se que o Sol venha e desmoronar daqui a 5 bilhões de anos.
    *A vida de uma estrela baseia-se em:
    Nasce em uma nuvem de gás, amadurece como um Sol amarelo, desmorona como uma gigante vermelha, e morre como uma anã branca envolvida em sua mortalha de gás.
    *Uma supernova - uma explosão catastrófica - acabaria com o sistema solar com apenas segundos.
    O nosso Sol é uma estrela de terceira geração.
    *Nós somos feitos de material estrelar ( nos fazendo lembrar de outro documentário que você já postou no blog, o poeira das estrelas).

    ResponderExcluir
  2. ¨As estrelas se formam a partir de grandes nuvens de gás e poeira conhecidas pelos astrônomos como nebulosas.
    ¨Duas forças contrárias agem sobre a estrela durante toda a sua vida: a força da gravidade e a pressão gerada pelas reações químicas que acontecem no núcleo deste corpo celeste.
    ¨O principal combustível usado pelas estrelas em suas reações químicas nucleares é o gás hidrogênio
    ¨Gigantes vermelhas=A estrela cresce, ficando muito maior do que era durante os seus anos de vida mais brilhantes
    ¨Uma estrela pequena ou média, ou seja, que pese entre 4/10 e três vezes mais que nosso Sol
    ¨Uma estrela massiva,depois de atingir o estágio de gigante vermelha, o núcleo da estrela começa a ceder à força da gravidade e a encolher.
    ¨Explosão, que provoca um brilho intenso, é conhecida pelos astrônomos como supernova. O material estelar expulso pode colidir com outros fragmentos e formar novas estrelas e talvez mesmo planetas e luas.

    A Vida das Estrelas

    A maioria dos átomos dos nossos corpos foram feitos no interior das estrelas. “Somos matéria estelar”. Com animação computadorizada e espantosa arte astronômica, nôs é mostrado como as estrelas nascem, vivem e morrem. Carl Sagan persegue a origem e a natureza dos buracos negros, objetos com uma gravidade de tal ordem que a luz não consegue sair deles. O “último dia perfeito” da terra é representado daqui a 5 bilhões de anos, após o que o Sol, entrando na fase vermelha gigante, reduzirá a Terra a cinzas carbonizadas. Testemunhamos a explosão de estrelas distantes que produzem raios cósmicos que provocam mutações nos seres da Terra. No sentido mais profundo, a origem, evolução e destino da vida do nosso planeta estão relacionados com a evolução do Cosmos.
    ¨A vida de uma estrela :Nasce em uma nuvem de gás, amadurece como um Sol amarelo, desmorona como uma gigante vermelha, e morre como uma anã branca envolvida em sua mortalha de gás.

    ResponderExcluir
  3. Ana Angélica B. Rocha22 de setembro de 2013 23:13

    A Ciência acredita que todo o universo, incluindo nós, somos frutos de algo que aconteceu há 13,73 bilhões de anos atrás, que de uma grande explosão e um longo período surgiram os átomos mais simples, o hidrogênio, elemento mais abundante no universo, hélio e um pouco de lítio... Tempos depois surgem as primeiras estrelas, formadas principalmente de hidrogenio, poeira e helio.
    Como dito no vídeo: Nasce em uma nuvem de gás, amadurece como um Sol amarelo, desmorona como uma gigante vermelha, e morre como uma anã branca envolvida em sua mortalha de gás.

    ResponderExcluir
  4. A maioria dos átomos em nossos corpos
    foram feitos dentro das estrelas! Com técnicas avançadas de astronomia e impressionantes animações gráficas, conheceremos o nascimento, a vida e a morte das estrelas.
    Carl Sagan nos mostra a origem e a natureza dos buracos negros, corpos com uma força gravitacional tão forte dos quais nem mesmo a luz consegue escapar.
    Testemunharemos como será a explosão do sol e a redução de nosso planeta às cinzas, cinco bilhões de anos no futuro. Tentaremos conhecer um pouco mais sobre os raios cósmicos, capazes de criar estranhas mutações na Terra, produto de explosões que acontece por todo o universo.
    A origem, evolução e destino da vida
    em nosso planeta estão relacionadas
    com a imprevisível e misteriosa evolução do cosmos.

    ResponderExcluir
  5. A maioria dos átomos em nossos corpos
    foram feitos dentro das estrelas! Com técnicas avançadas de astronomia e impressionantes animações gráficas, conheceremos o nascimento, a vida e a morte das estrelas.
    Carl Sagan nos mostra a origem e a natureza dos buracos negros, corpos com uma força gravitacional tão forte dos quais nem mesmo a luz consegue escapar.
    Testemunharemos como será a explosão do sol e a redução de nosso planeta às cinzas, cinco bilhões de anos no futuro. Tentaremos conhecer um pouco mais sobre os raios cósmicos, capazes de criar estranhas mutações na Terra, produto de explosões que acontece por todo o universo.
    A origem, evolução e destino da vida
    em nosso planeta estão relacionadas
    com a imprevisível e misteriosa evolução do cosmos.

    ResponderExcluir
  6. Pedro Carvalho, 9º ano23 de setembro de 2013 21:46

    Anotações do vídeo

    • 1 Googol = 10 elevado a 100
    • 1 Googolplex = 10 elevado a 1 Googol
    • Símbolo do infinito = ∞
    • Força nuclear - supera a repulsão elétrica das unidades do átomo, funciona como ganchos de curto alcance
    • Gigante vermelha - último momento antes da morte de uma estrela
    • Estrela comum - nasce em uma nuvem de gás, amadurece como um sol amarelo, desmorona como uma gigante vermelha e morre como uma anã branca envolvida em sua mortalha de gás.
    • Supernova - explosão de uma estrela (que seja maior que o Sol).

    ResponderExcluir
  7. Ana Caroline Antunes24 de setembro de 2013 01:14

    O vídeo mostra várias formulas químicas, inclusive que tudo que há, é formado por átomos e poeira das estrelas.
    Os dois links também, mostram como são a vida das Estrelas, que assim como nós, nascem, crescem e morrem. Formadas por uma grande nuvem de gás e poeira, as estrelas começam a brilhar, a partir de que uma grande massa de gás se forme.
    As estrelas variam em tamanho, cor, temperatura, etc., o que determina o quanto ela brilha.
    Quando ocorrem as explosões das super novas, podem ser formados novos planetas e sistemas.
    No vídeo, vimos, a partir de uma série de animações como nascem, crescem/vivem essas estrelas e como morrem.
    "Duas forças contrárias agem sobre a estrela durante toda a sua vida: a força da gravidade e a pressão gerada pelas reações químicas que acontecem no núcleo deste corpo celeste."
    O principal gás usado pelas estrelas em suas reações quimicas nucleares é o hidrogenio, quando esse gás acaba, as estrelas se acabam. Quando a estrela fica 'bem velhinha' se torna uma anã branca, quando há menos de 20% de sua massa concentrada, vai esfriando, e encolhendo, até ter poucos quilômetros de diâmetro.
    Quando não há mais como encolher, vira uma anã negra, uma estrelinha morta.
    Já as maiores, com massa + 5x maior que a do Sol, passam de Gigante Vermelha, vão encolhendo, e enquanto encolhem, ficam mais quentes e densas, explodem, porque não há mais ferro em seu interior, esse fenômeno é chamado de Supernova, que nessa explosão, podem ter formados novos planetas, e novas luas.
    Naquelas que são 15 ou +15 vezes maior que o Sol, não permanecem mais nada, viram Buracos Negros, onde nada escapa, onde não há tempo.

    ResponderExcluir
  8. Mônica, gostei muito desse filme(A Vida das Estrelas), com ele eu pude aprender muitas coisas e fiquei sabendo como funciona as estrelas, porém fiquei meio confuso como essas pessoas podem estudar coisas que provavelmente irão acontecer daqui alguns bilhões anos?

    ResponderExcluir
  9. Gabriela Alves, 9° ano29 de setembro de 2013 16:29

    Eu gosto muito de estudar as estrelas, acho uma matéria incrível. Gostei muito do documentário, apesar de ser enorme. Com ele aprendi que:
    - As estrelas são como uma fênix, e surgem de suas próprias cinzas. Assim, a energia liberada por elas sempre permanecem no espaço.
    - De acordo com o documentário, elas nascem como uma nuvem de gás, crescem como sóis amarelos, desmoronam como gigantes vermelhas e morrem como anãs brancas. O Sol, a maior estrela próxima de nós, morrerá daqui a cinco bilhões de anos, extinguindo a vida na Terra.
    - As estrelas são formadas de hidrogênio, poeira e hélio e que os astrônomos chamam de nebulosas. O que determina suas cores é a temperatura, que no caso do Sol é 20 milhões de graus centígrados.
    - Vi que supernova é uma explosão estelar, quando a estrela fica muito brilhante e explode. E que, caso uma acontecesse, poderia haver consequencias desastrosas para o sistema solar.
    - O Sol é uma estrela de 3º geração, e possui duas irmãs que talvez sejam ainda maior do que ele.
    - Aprendi as medidas usadas pelos cientistas ao estudar o espaço, que são:
    → 1 googol = 10¹ºº
    → 1 googolplex = 10 elevado a 1 Googol
    → Infinito = Ainda maior que um googolplex, representado por ∞

    ResponderExcluir
  10. Mônica gostei bastante dos vídeos e a partir deles pude fazer algumas observações:
    *O tempo de vida de uma estrela é a razão entre a energia que ela tem disponível e a taxa com que ela gasta essa energia, ou seja, sua luminosidade.
    *O tempo de vida é controlado pela massa da estrela.
    *Quanto mais massiva a estrela, mais rapidamente ela gasta sua energia, e menos tempo ela dura.
    *As estrelas se formam a partir de grandes nuvens de gás e poeira.
    *O principal combustível usado pelas estrelas em suas reações químicas nucleares é o gás hidrogênio.
    *A temperatura de uma estrela que determina a sua cor.
    *Elas nascem como uma nuvem de gás, crescem como sóis amarelos, desmoronam como gigantes vermelhas e morrem como anãs brancas.
    * Depois de atingir o estágio de gigante vermelha, o núcleo da estrela começa a ceder.

    ResponderExcluir

Favor comentários com o objetivo das atividades propostas