segunda-feira, 17 de abril de 2017

Ciência móvel.

“Museu Itinerante “Ciência Móvel” chega a Janaúba e aproxima alunos do conhecimento.” Foi assim que a TV Globo deu destaque à reportagem que foi ao ar no dia 12/04/2017. Hoje pudemos quantificar aquilo que só foi qualidade: 6500 visitantes (alunos), mais crianças, adolescentes e adultos que foram transformados em cientistas honorários. A FIOCRUZ, com o projeto ‘Ciência Móvel – Arte e Ciências sobre Rodas’ fez da nossa Escola Estadual José de Gorutuba, território livre para a ciência no Norte de Minas. Seleiro de conhecimento, descobertas e trocas de saberes, para nós e para os nossos ilustres visitantes cariocas, que, na verdade, viraram gorutubanos de coração. Obrigado Ana Carolina, Lais e impecável Equipe. Obrigado aos prefeitos Isaildon , Wilton Madureira, ao cheve de Gabinete Júlio César, secretárias de Educação, Luzia e Débora pelo apoio e por acreditarem na diversidade de valores culturais e científicos. Obrigado vereadores Luizão, Ramon, Pauleca, Adauri, pelo comprometimento com crescimento intelectual das nossas crianças; obrigado diretores das escolas públicas, particulares e municipais que reuniram forças para o melhor oferecer aos seus alunos. Não seria justo, se não fizesse um agradecimento especial aos professores que, mesmo diante de uma paralisação reivindicatória, não fugiram ao seu compromisso com a educação. Fizeram-se presentes, orientando e, com muita sabedoria, aprendendo com seus alunos. Os movimentos culturais de Janaúba, entre hinos e danças, nos presentearam com o melhor da cultura popular, nos trouxeram um Brasil no ritmo do berimbau; a dança das gorutubanas por mais que se esquivem, não escapam da quebra do pote, doces pra quem te quer. Os serviços públicos e privados mostraram seu comprometimento: COPASA, CEMIG, PMMG, PREFEITURAS, SECRETARIAS DE EDUCAÇÃO, SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL DE ENSINO, POLÍCIA CIVIL, ZAVAZ, CELSO CLARITA e todos aqueles que direta e indiretamente demonstraram o seu compromisso com o crescimento das nossas crianças e alunos. Agora vou falar da minha casa “Zé Gorutuba”, casa de todos nós, escola que revela valores para nossa sociedade e contribui para o crescimento da nossa cidade. Vou falar do meu orgulho e agradecer o empenho e acolhimento que o projeto que recebeu da diretoria Clênio, Angela, Vera e professores. Agradeço as escolas dos municípios vizinhos JAIBA, PORTEIRINHA, PAI PEDRO, MATO VERDE, MONTE AZUL, RIO PARDO e ESPINOSA, NOVA PORTEIRINHA, VERDELÂNDIA, que não mediram esforços para incluírem seus alunos nesta busca do conhecimento de forma lúdica e rica.
Um especial agradecimento a você que mesmo de longe torceu e acreditou na riqueza que seria trazer o CIÊNCIA MÓVEL.
Obrigado Senhor, por nos fazer instrumentos da sua PAZ e frutos da inquietude em busca do SABER.



Segue links abaixo de reportagens sobre o evento

http://www.coc.fiocruz.br/index.php/todas-as-noticias/1222-exposicao-interativa-sera-apresentada-entre-10-e-12-de-abril#.WOzuraK1vIU

https://www.facebook.com/tvserrageraljanauba/videos/814344708713908/?pnref=story


http://globotv.globo.com/inter-tv-mg/inter-tv-noticia/v/museu-itinerante-ciencia-movel-chega-a-janauba-e-aproxima-alunos-do-conhecimento/5795229/








4 comentários:

  1. JOGO MEMORIZANDO A GENÉTICA
    Por: Marina Amaral
    O jogo Memorizando a Genética consiste em um jogo da memória adaptado para a revisão de conceitos da disciplina Genética. Ele possui 12 pares de cartas, sendo que cada par é formado por uma figura e um pequeno texto descritivo do processo, estrutura ou condição ilustrado. Os alunos se dividem em grupos de quatro e dispõe as cartas com a face não escrita voltada para cima. Após sorteio ou escolha, um dos alunos vira duas cartas e confere se são pares. Caso não sejam, o próximo aluno joga, caso seja, ele joga novamente. Com a utilização do jogo Memorizando a Genética, objetivamos a revisão de conteúdos de Genética já lecionados para os estudantes. Além disso, buscamos que o aluno seja capaz de associar (imagens à sua descrição), decidir (qual imagem fica melhor com cada descrição), discutir (chegar à conclusão com o grupo sobre quais são os melhores pares a serem formados), observar (pequenos detalhes nas figuras podem ser o indicativo do que elas representam).

    No link abaixo consta todos os detalhes do jogo em pdf:

    http://pontociencia.org.br/pdf/jogo_memorizando_a_genetica.pdf

    MATERIAIS NECESSÁRIOS

    Papel A4 para imprimir
    1 cartolina colorida
    tesoura
    cola
    FASE 1 - IMPRIMIR CARTAS E ROTEIROS

    Imprimir cartas, roteiro do professor e um roteiro do aluno para cada grupo de 4 alunos, segundo os modelos das fotos.


    1 de 6 Modelo de cartas
    Next
    FASE 2 - RECORTAR CARTAS E CARTOLINA NO MESMO FORMATO

    Recortar as cartas e, depois, recortar a cartolina no mesmo formato e colar no verso, para deixar as cartas mais duras e também para que não seja possível ler o escrito.


    1 de 2 Imagem e texto dos modelos colados sobre cartolina amarela.
    Next
    FASE 3 - APLICAÇÃO DO JOGO NA SALA DE AULA

    Dividir a turma em grupos e explicar as regras do jogo como manda o roteiro do professor.

    Em seguida, distribuir para cada grupo as cartas e o roteiro do aluno.

    Supervisionar os alunos enquanto jogam, solucionando eventuais dúvidas.

    ResponderExcluir
  2. JOGO MEMORIZANDO A GENÉTICA
    Por: Marina Amaral
    O jogo Memorizando a Genética consiste em um jogo da memória adaptado para a revisão de conceitos da disciplina Genética. Ele possui 12 pares de cartas, sendo que cada par é formado por uma figura e um pequeno texto descritivo do processo, estrutura ou condição ilustrado. Os alunos se dividem em grupos de quatro e dispõe as cartas com a face não escrita voltada para cima. Após sorteio ou escolha, um dos alunos vira duas cartas e confere se são pares. Caso não sejam, o próximo aluno joga, caso seja, ele joga novamente. Com a utilização do jogo Memorizando a Genética, objetivamos a revisão de conteúdos de Genética já lecionados para os estudantes. Além disso, buscamos que o aluno seja capaz de associar (imagens à sua descrição), decidir (qual imagem fica melhor com cada descrição), discutir (chegar à conclusão com o grupo sobre quais são os melhores pares a serem formados), observar (pequenos detalhes nas figuras podem ser o indicativo do que elas representam).

    No link abaixo consta todos os detalhes do jogo em pdf:

    http://pontociencia.org.br/pdf/jogo_memorizando_a_genetica.pdf

    MATERIAIS NECESSÁRIOS

    Papel A4 para imprimir
    1 cartolina colorida
    tesoura
    cola
    FASE 1 - IMPRIMIR CARTAS E ROTEIROS

    Imprimir cartas, roteiro do professor e um roteiro do aluno para cada grupo de 4 alunos, segundo os modelos das fotos.


    1 de 6 Modelo de cartas
    Next
    FASE 2 - RECORTAR CARTAS E CARTOLINA NO MESMO FORMATO

    Recortar as cartas e, depois, recortar a cartolina no mesmo formato e colar no verso, para deixar as cartas mais duras e também para que não seja possível ler o escrito.


    1 de 2 Imagem e texto dos modelos colados sobre cartolina amarela.
    Next
    FASE 3 - APLICAÇÃO DO JOGO NA SALA DE AULA

    Dividir a turma em grupos e explicar as regras do jogo como manda o roteiro do professor.

    Em seguida, distribuir para cada grupo as cartas e o roteiro do aluno.

    Supervisionar os alunos enquanto jogam, solucionando eventuais dúvidas.

    ResponderExcluir
  3. produção de vacinas exige conhecimento técnico e controle de qualidade. Nessa produção, duas fases principais são importantes: a fase biológica, que identifica e faz as culturas dos micro-organismos causadores da doença, que serão, posteriormente, atenuados ou inativados; e a fase farmacêutica, que consiste na obtenção final do produto.

    Assim, considerando uma vacina contra a dengue, para que sua eficiência seja constatada, ela deverá
    a)
    aumentar a quantidade de glóbulos vermelhos no sangue dos organismos contaminados, para facilitar o processo de defesa contra os micro-organismos causadores da doença.
    b)
    ser amplamente aplicada em mamíferos roedores, pois esses são os principais agentes transmissores dos micro-organismos causadores da dengue nos seres humanos.
    c)
    modificar o material genético dos seres humanos doentes, a fim de induzir a produção de proteínas de defesa e aumentar a imunidade.
    d)
    impedir a multiplicação dos vetores da doença no meio ambiente, principalmente no período que antecede a estação
    chuvosa.
    e)
    estimular, nos seres humanos vacinados, a produção de anticorpos específicos, que auxiliam o processo de defesa.

    ResponderExcluir
  4. ossos:
    1-o osso é uma estrutura encontrada apenas nos animais vertebrados,formado por um tipo de tecido conjuntivo (tecido ósseo).
    2-conjunto de ossos de um animal.
    3-sustentar o corpo e serve de apoio para os músculos,permitindo assim o movimento.
    4-o estudo dos ossos.
    5-206.
    6-crânio,costela,fêmur,mandíbula,clavícula.
    7-proteger órgãos internos,apoio para o músculo,produção sanguínea,reserva de minerais,funciona conjuntamente com articulações,dos músculos esqueléticos e tendões,para permitir o movimento do animal,mantém o equilíbrio ácido-base, funcionando como tampão, absorvendo sais alcalinos.

    seus ossos ficam mais fracos e é mais fácil de ser quebrado e ficam sujeitos a osteoporose.leite,feijão,verdura e legumes,etc.


    músculos:
    1-1-os músculos são responsáveis pelo movimento dos animais.
    2-o músculo funciona pela contração e extensão das suas fibras.
    3-cada músculos possui seu nervo motor,o qual divide-se em várias fibras para poder controlar todas as células do músculos,através da placa motora.
    4-o ser humano possui aproximadamente 639 músculos.
    5-os músculos são constituídos por tecidos muscular e caracterizam-se pela sua contratibilidade.
    2-ocorre com a saída de impulso elétrico do sistema nervoso central que é conduzida ao músculos através de um nervo.
    3-contrabilidade:é a capacidade de se contrair ,ou seja,diminuir seu tamanho.
    elasticidade:é a capacidade de distender ou seja,aumentar seu tamanho.
    4-músculo estriado esquelético,músculo estriado cardíaco, músculo liso.
    5-o esforço excessivo ou movimentação brusca podem provocar lesões bruscas.
    6-as mais comuns são:cãibras,cansaço muscular e distensões
    7-podemos concluir que fazer atividade física em excesso e sem acompanhamento é prejudicial a saúde e pode causar: câimbra, cansaço muscular, distençôes, etc.

    ResponderExcluir

Favor comentários com o objetivo das atividades propostas